Patrocinador oficial:

__________________________________________________________________________________________________________________________

Sobre 200 mil vagas para eng. químicos, no Brasil, até 2020

image
Segundo dados da Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim), o setor pode abrir 200 mil vagas para químicos e engenheiros químicos até 2020. O segmento petroquímico, que expandirá em alguns anos devido à descoberta do pré-sal é o primeiro em faturamento da indústria química do Brasil.


A projeção otimista requer ações desde já. O ano de 2011, por exemplo, foi eleito pela ONU (Organização das Nações Unidas) como Ano Internacional da Química (AIQ), pois se trata de uma área que é a peça-chave de qualquer economia desenvolvida. Enquanto a Organização exalta a importância da área, os químicos e engenheiros químicos reiteram que o mercado de atuação está em plena expansão.
Muitos são os motivos que levam os profissionais a acreditarem no crescimento. Um deles é Cláudio Machado. Químico sênior da Braskem, ele aposta “nas novas tecnologias”.


Já Ana Pires, engenheira de produção da Braskem, atribui o aquecimento do mercado ao “crescimento das classes sociais com poder aquisitivo”.
Para ambos, é fundamental não parar de estudar. Ana, que atua há três anos e meio como engenheira química na área industrial, afirma que a especialização é o meio de se tornar competitivo no mercado de trabalho. Machado, que trabalha como químico há 28 anos, afirma que está sempre em busca de novos desafios. “Antes atuava dentro dos laboratórios e agora mais em campo, apesar de toda a minha bagagem profissional a mudança foi um desafio”, conta.
Os profissionais ainda deixam como dica para aqueles que pretendem seguir a carreira, ou já estão cursando química e engenharia química, nunca ficar parado. “Se a pessoa se enxerga dentro daquele contexto deve buscar se aprimorar”, afirma Machado


Fonte: Repóter Diário

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...