Patrocinador oficial:

__________________________________________________________________________________________________________________________

Sobre brinquedos a partir de propriedades não-Newtonianas

image
A indústria dos brinquedos comercializa há vários anos fluidos poliméricos. Estes produtos são conhecidos pela sua capacidade de entreter crianças e adultos mas também pelo contributo que dão ao desenvolvimento da destreza e criatividade. Produtos como a plasticina e  flubber são exemplos desta categoria.
O popular flubber é um polímero cross-linked que é usado como brinquedo devido às suas propriedades não-Newtonianas.
Na sua essência este “brinquedo” resulta da mistura do polímero álcool polivinílico (PVA)com iões borato. Desta combinação resulta um fluido com um odor desagradável, cor verde, frio e escorregadio ao toque.
Tendo propriedades não-Newtonianas, este fluido apresenta uma viscosidade variável consoante a tensão a que esteja a ser sujeito. Se esta for baixa, a sensação é de um material aquoso e fino, se for elevada a sua dureza torna-se maior.
O flubber é tipicamente constítuído por moléculas poliméricas de cadeia comprida, semelhantes a fios de esparguete entrelaçados uns nos outros. Em termos de composição, a água representa mais de 90% deste fluido. Os restantes 10% são reservados para o polímero PVA (2%), os sais borato (2%) e outros aditivos.
É da interacção do polímero com os sais borato que surge o comporamento não-Newtoniano do fluido e a razão entre estes dois componentes influencia a sua consistência.
Os aditivos que podem ser incluídos na formulação têm por base o controlo do pH do fluido, a prevenção da contaminação microbiana, assim como dotar o Slime de outras cores ou cheiro.
Fonte: Made How

SLIME, o brinquedo da Mattel desde 1970

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...