Patrocinador oficial:

__________________________________________________________________________________________________________________________

Sobre o fulereno como precursor da nanotecnologia

image
A descoberta do fulereno, uma estrutura que aparenta a de uma bola de futebol e que é composta por 60 carbonos, lançou bases para o revolucionário desenvolvimento da nanotecnologia, motivo pelo qual esta descoberta foi premiada com um Nobel da química no ano de 1996, na pessoa dos responsáveis pela sua descoberta: Robert F. Curl, Harold W. Kroto and Richard E. Smalley.
Embora a descoberta remonte a 1985, apenas na década seguinte houve confirmação experimental da validade da inusitada estrutura proposta para o fulereno.
A confirmação abriu espaço para um novo campo de investigação da química, do qual mais recentes desenvolvimentos conduziram à síntese dos nanotubos de carbono.
Curiosamente, praticamente ainda não são conhecidas aplicações práticas comercializadas envolvendo fulerenos pese embora o elevado interesse que este tema desde logo despertou na comunidade científica devido às propriedades invulgares destes materiais.
Admite-se que os sais de C60 possam ter aplicações em supercondutores, polímeros tridimensionais, novos catalisadores, sensores, novos materiais com interessantes propriedades eléctricas e ópticas, etc.
Fonte: Nobel Prize

Nota: para ver o vídeo com legendas em português, clique em play, e depois clique na seta no canto inferior direito e active as legendas na opção “CC”

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...