Patrocinador oficial:

__________________________________________________________________________________________________________________________

Sobre uma fuga de metanotiol na fábrica da Lubrizol em Rouen (França)


"A França e Inglaterra, unidas desde segunda-feira sob a mesma núvem nauseabunda. Uma fuga de gás não tóxico, numa instalação fabril na cidade francesa de Rouen contamina há dois dias os dois lados do canal da mancha. As autoridades francesas estão a tentar colmatar a fuga, que obrigou já ao cancelamento de um jogo do campeonato francês em Rouen."

*     *     *



*     *     *

A empresa responsável pela libertação do gás é a Lubrizol, e o composto em causa é o metanotiol, a molécula mais simples da família dos tióis, conhecido pelo intenso odor, tipicamente associado aos gases resultantes da decomposição de alimentos, e tipicamente descrito como "ovos podres".

A fábrica da Lubrizol, que existe desde 1954, dedica-se à produção de aditivos para lubrificantes e pinturas. 

O metanotiol (um mercaptano), é um precursor na síntese de outros químicos, tais como aminoácidos, para além de outros de natureza petroquímica. [Fonte]

O metanotiol é mais denso que o ar (1.73 kg cm3, a 20ºC) e o seu odor é sentido a partir de concentrações na ordem de 1 parte por bilião. Apresenta uma solubilidade em água de 23.3 g/l (a 20ºC) é extremamente inflamável. [Fonte]

Não se tratando de um compostos mutagénico, cancerígeno, é, ainda assim tóxico se inalado. A exposição ao metanotiol provoca irritação cutânea e dos olhos.  Embora biodegradável, o composto é também tóxico para os organismos dos meios aquáticos, [Fonte]

*     *     *

Localização da fábrica da Lubrizol em Rouen (França)


0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...