Patrocinador oficial:

__________________________________________________________________________________________________________________________

Sobre Joseph Priestley e a invenção da gaseificação artificial de água


Esquema para preparação de água 
carbonatada, por Joseph Priestley. [2]


A história das bebidas carbonatadas está muito ligada ao filósofo natural Joseph Priestley (1733-1804), pessoa que descobriu um método para produzir água gaseificada tendo como ponto de partida experiências realizadas com dióxido carbono recolhido numa fábrica de cerveja de Leeds, de onde era natural. [1]

Esta importante descoberta foi oficialmente reportada numa publicação intitulada "Directions for Impregnating Water with Fixed Air" (1772) e contribuiu para o reconhecimento que recebeu nesse mesmo ano, por parte da Royal Society, que lhe atribuiu uma Medalha Copley. [2]

Importa frisar que Priestley desenvolveu este método sem saber objectivamente que o "ar fixo" (como lhe chamava) recolhido do processo de fermentação da cerveja da fábrica de Leeds era dióxido de carbono. Por observação, descobriu que este "ar" extinguia as chamas e que era mais pesado que o ar "convencional", constatação que contribuir para aprendesse a preparar dióxido de carbono no seu laboratório". [1

Pese embora o contributo importante para o desenvolvimento da indústria de bebidas carbonatadas, Priestley nunca chegou a capitalizar comercialmente com o seu método. Outros, como John Mervin Nooth e Jacob Schweppe aproveitaram a ideia, aprimoraram-na e lançaram-se na indústria de refrigerantes e águas gaseificadas. [3]

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...