Patrocinador oficial:

__________________________________________________________________________________________________________________________

Sobre o doutororamento honoris causa de Manuel Ferreira de Oliveira e José Miranda Formigli Filho, na Universidade de Aveiro, em reconhecimento da exploração do pré-sal






"A Universidade de Aveiro distinguiu, esta quinta-feira, com o doutoramento honoris causa Manuel Ferreira de Oliveira, presidente da Galp Energia, e José Miranda Formigli Filho, diretor da Petrobras, na presença de Passos Coelho e Nuno Crato.


O reitor da Universidade de Aveiro justificou a atribuição dos doutoramentos a Manuel Ferreira de Oliveira e a José Miranda Formigli Filho, como forma de "enaltecer um enorme projeto coletivo, a resposta a um desafio transcendente, que a extração de petróleo da camada do pré-sal, numa extensa faixa do offshore brasileiro, vem constituindo".

As presenças do Primeiro-ministro e do Ministro da Educação e Ciência "sublinham a importância do ato e dignificam-no", disse o reitor, agradecendo a Passos Coelho e Nuno Crato, por, dessa forma, reconhecerem o mérito do "edificar, ao longo dos últimos quarenta anos, uma instituição de Ensino Superior de relevo em Aveiro"."

(...)

"A cerimónia visa "homenagear essa grande aventura do pré-sal, esse empreendimento humano extraordinário que permite aceder a reservas petrolíferas que podem atingir os sete quilómetros de profundidade, em que a formação de recursos humanos e pesquisa científica e tecnológica à medida, foram e estão a ser a chave do sucesso", reforçou.

O reitor sublinhou a importância estratégica de, nos últimos oito anos, quase um terço das descobertas de gás e petróleo terem ocorrido no trio Angola, Brasil e Moçambique e da evidência de mais de 50% dos reservatórios descobertos em águas profundas "falarem" português.

Segundo Manuel Assunção, essa abrangência realça, também, "o facto de Brasil e Portugal virem fazendo cada vez mais ciência e tecnologia, juntos, em português e, ainda, o potencial de colaboração entre universidades portuguesas e brasileiras, bem representado pelo Instituto do Gás e do Petróleo - Associação para a Investigação e Formação Avançada que, sob a égide da Galp Energia, envolve seis das melhores universidades portuguesas, incluindo a de Aveiro".

O reitor aproveitou para fazer referência à "colaboração intensa entre a UA e a Galp Energia", nomeadamente através do Programa de Doutoramento em Engenharia da Refinação, Petroquímica e Química, que radica num consórcio de cinco universidades com a Associação das Indústrias da Petroquímica, Química e Refinação, e do Programa Galp 20-20-20, que anualmente, em parceria com mais de 50 empresas, apoia dezenas de alunos na identificação de sistemas e comportamentos energéticos racionais, aplicáveis na indústria e em edifícios."

Fonte: Jornal de Notícias, 09/01/2014

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...