Patrocinador oficial:

__________________________________________________________________________________________________________________________

Sobre coloração em produtos petróliferos, sua medição, e o método/escala Saybolt

Ao contrário do que os eventos de divulgação de ciência apregoam e insistem em fazer transparecer, uma porção significativa da química não contempla cor. Porém, quando esta efectivamente se faz notar são necessários métodos universais que permitam que em qualquer parte do mundo a apreciação da cor seja igual e independente do utilizador. 

*     *     *

Ao nível dos solventes, a sua maioria apresenta ausência de cor, mas esta não deixa de ser um critério a ter em conta e que precisa de ser medido. Já no que diz respeito ao petróleo e suas frações/subprodutos, a cor é uma constante e por isso mesmo se torna premente classificá-la segundo métodos universais e sistemáticos.

Pela sua fácil percepção visual, a cor pode indiciar 1) um processamento inadequado, 2) a presença de contaminantes (ferrugem, por exemplo),  3) efeitos de mau acondicionamento ou 4) longevidade do produto. Pode aparecer por contaminação ou pela degradação (oxidação) do próprio produto.

A propriedade cor poder ser definidora da compatibilidade de um produto relativamente a outro. Por exemplo, um solvente com cor pode arruinar a cor de uma tinta que se quer branca, ou tingir acidentalmente um têxtil que deveria ter um tom específico.

Ao que parece, na indústria do petróleo a sistematização da cor dos subprodutos do petróleo é realizada por um teste que dá pelo nome de "Cor Saybolt" (ASTM Method D 156). Apesar de empírico, o método implica a utilização de um "cromómetro", o qual permite atribuir uma avaliação. As Cores Saybolt situam-se numa escala que vai desde o tom -16 (mais escuro) ao +30 (mais claro). 

O equipamento possui cores padronizadas e a medição consiste em relacionar a altura de líquido necessária para que a cor do mesmo seja mais fraca do que a cor da escala identificada no equipamento. Atualmente existem equipamentos automáticos que em questão de segundos devolvem a Cor Saybolt de um dado produto. 

"Cromómetro" Saybolt 


Fonte: Paint and Coating Testing Manual: Fourteenth Edition of the Gardner-Sward Handbook - J. V. KoleskeGuide to ASTM Test Methods for the Analysis of Petroleum Products and Lubricants - R. A. Nadkarni

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...