Patrocinador oficial:

__________________________________________________________________________________________________________________________

Sobre a excessiva capacidade de produção da indústria siderúrgica chinesa




"Economistas dizem que indústrias saudáveis e lucrativas operam com uma capacidade utilizada de 85%. Na China, a utilização mal atinge os 70%, segundo o Fundo Monetário Internacional.
(...)

Em uma declaração ao The Wall Street Journal, o Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação, que administra a indústria do aço, afirmou que vários níveis do governo estão "em processo de implementar" reduções na capacidade ociosa e que há sinais iniciais de progresso. Segundo a Agência de Estatísticas da China, cerca de 33% dos produtores de aço, alumínio e cimento perderam dinheiro no primeiro trimestre de 2014.
(...)

A indústria siderúrgica da China é tão grande e desordenada que o governo nem sabe quantas empresas existem no país — a melhor estimativa é de cerca de 1.200. Pequim quer cortar o excesso de capacidade em 80 milhões de toneladas até 2017.

O primeiro-ministro Li também declarou, em março, uma "guerra à poluição" que inclui cortes graduais na produção industrial. A China planeja introduzir sua mais dura lei ambiental no próximo ano, que deve submeter os poluidores a multas pesadas ou, pela primeira vez, prisão.

Mesmo assim, saber exatamente o que o governo chinês deseja pode ser difícil. No início de junho, Li pareceu dar às autoridades locais mais espaço para agir ao dizer que elas ainda seriam julgadas pelo cumprimento de metas de crescimento econômico. A forma mais simples de atingir as metas seria manter as fábricas produzindo aço e outras matérias-primas."

Fonte: The Wall Street Journal

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...