Patrocinador oficial:

__________________________________________________________________________________________________________________________

Sobre os grandes grupos produtores de Ácido Fosfórico





1) OCP - o "Office Cherifien des Phosphates" é uma estatal marroquina detentora das maiores reservas e minas de rocha fosfática, naquele país e no seu "território disputado", o ex- Saara Espanhol. Dispõe de cerca de 15 unidades de Ácido Fosfórico, a maioria em El Jadida e as demais em Safi. Exporta cerca de 20% do comércio mundial de Rocha Fosfática e 30% do Ácido Fosfórico do que é comercializado internacionalmente. Produz cerca de 4,5 milhões de toneladas de P₂O₅ como Ácido Fosfórico por ano.


2) Mosaic - é uma multinacional estadounidense, derivada da Cargill Fertilizantes e da IMC. Produz cerca de 4 milhões de toneladas de P₂O₅  de Ácido Fosfórico por ano no Sul dos Estados Unidos (Flórida e Louisiana). Grande produtora integrada de MAP e Fosfato Bicálcico.

3) PotashCorp (PCS ou Potash Corporation of Saskatchwean) - multinacional de origem canadiana (ou canadense...) com fábricas importantes da Carolina do Norte e Flórida. Produz cerca de 2,5 milhões de toneladas de P₂O₅ de Ácido Fosfórico por ano. É muito integrada, pois além de minas e produção de fertilizantes e fosfato bicálcico, também purifica ácido fosfórico e produz fosfatos para nutrição humana.

4) Yunnan Yuntianhua - Um dos grandes grupos chineses dessa província chinesa (Yunnan). Produz cerca de 2,5 milhões de toneladas de P₂O₅ de Ácido Fosfórico por ano naquela região do Sul da China.

5) Yunnan International - Outro grupo chinês da mesma região (acima), com outros 1,5 milhão de toneladas de P₂O₅  de Ácido Fosfórico por ano de produção.

6) PhosAgro - Grupo russo com operações das antigas Apatit (Murmansk), Cherepovets e Ammonophos. Produz 1, 5 milhão de toneladas de P₂O₅ de Ácido Fosfórico por ano na Rússia.

7) Guizhou - Grupo chinês dessa província chinesa (Gishou) que também produz cerca de 1,5 milhão de toneladas de P₂O₅  de Ácido Fosfórico pro ano.

8) GCT - "Groupe Chimique Tunisien", estatal tunisiana com Fábricas em Gabés e Sfax. Produz 1,3 milhão de toneladas de P2O5 de Ácido Fosfórico por ano.

9) Vale - A ex- Vale do Rio Doce tem um braço de fertilizantes que produz 1,2 milhão de toneladas de P₂O₅ por ano em Uberaba (Minas Gerais), Cajati e Cubatão (São Paulo).

10) Sinochem - outro grupo chinês, com sede em Beijing, com produção de 1,1 milhão de toneladas de P₂O₅ de Ácido Fosfórico por ano.


Há ainda grupos importantes: na Jordânia (JPMC), Israel (ICL), Polônia (Azot), Senegal (ICS), África do Sul (Foskor), etc.



Autor: Roberto Cerqueira

1 comentários:

Vinicius Drago disse...

Boa a matéria. Qual seria a fonte? Estou fazendo um trabalho e preciso de mais informações.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...