Patrocinador oficial:

__________________________________________________________________________________________________________________________

Sobre a molécula anti-malária Artemisinina (Nobel da Medicina 2015) e como a SANOFI escalou todo o seu potencial com um processo semi-sintético




O prémio nobel da Medicina de 2015 foi dividido por três investigadores, de entre os quais Youyou Tu, a qual descobriu a molécula anti-malária conhecida por Artemisinina, tendo assim constribuído para uma redução substancial da taxa de mortalidade associada a esta doença.

A artemisinina deriva-se da planta do absinto doce (Artemisia annua) encontrada predominantenente na China e Vietname e, mais recentemente, em alguns países africanos, incluindo Madagáscar e Quénia. [1]

* * * 

A atribuição deste prémio coincidiu com o evento 2nd EuCheMS Congress on Green and Sustainable Chemistry, que teve lugar em Lisboa, e que contou com a participação, entre outros, do reconhecido prof. Martyn Polyakoff, da Universidade de Notthingham.


Na sessão plenária em que foi orador, Polyakoff falou de processos semisintéticos, que assentam primeiramente em matérias-primas/processos vegetais/biológicos (naturais) para gerar compostos intermediários, os quais depois podem ser finalizados sinteticamente,


Deu como exemplo a molécula Artemisinina cuja produção à escala industrial é liderado pela empresa francesa SANOFI, e contempla um processo semisintético que "produz uma fonte de alta qualidade, estável que complemenar à fonte natural existente, ajudando a minimizar o risco de faltas e reduzindo prazos de execução de produção."

O inovador processo industrial da SANOFI contempla a produção de ácido artemisínico a partir de fenómenos de fermentação, seguindo-se uma conversão deste ácido na molécula Artemisinina com recurso a operações fotoquímicas.


Desde 2014, mais de 16 milhões de tratamentos antimalária foram realizados no continente africano a partir do processo patenteado da SANOFI. Devido ao elevado contributo da SANOFI para o combate do problema da malária, a empresa recebeu galardão "Patent for Humanity" (Patente para a humanidade) atribuído pelo United States Patent and Trademark Office




Etapa fotoquímica do processo da SANOFI.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...