Patrocinador oficial:

__________________________________________________________________________________________________________________________

Sobre o dever ético do eng. químico de fazer "soar os alarmes" sempre que detete circunstâncias que comprometam o interesse público




Tal como outras entidades que se propõem representar classes profissionais, a IChemE (Institution of Chemical Engineers) possuiu um conjunto de regras de conduta que espera fazer-se cumprir por todos os seus membros.

Estas regras (Rules of Professional Conduct and Disciplinary Regulations) incluem um rol de áreas em que o comportamento ético deve existir: saúde e segurança, dano ambiental, competência, integridade, equidade, confidencialidade, honestidade, e conflitos de interesse.

* * *



No início do presente ano de 2016, o referido código de regras de conduta profissional foi alvo de uma revisão, tendo sido introduzida a obrigação de todo e qualquer engenheiro químico fazer "soar os alarmes" sempre que detete circunstâncias que comprometam o interesse público.

Em termos práticos pede-se ao engenheiro químico que manifeste preocupação sobre perigos, risco, más práticas ou erros de procedimento que afetem terceiros, e ainda que apoiem colegas de profissão que manifestem tais preocupações.

Segundo a IChemE esta revisão promove uma abordagem colaborativa às temáticas da sustentabilidade e segurança no universo da indústria química. Um dos objetivos é contrariar a ostracização dos profissionais que façam "soar os alarmes" em torno destas questões.

A lista completa de regras do "Rules of Professional Conduct and Disciplinary Regulations" pode ser consultada aqui.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...