Patrocinador oficial:

__________________________________________________________________________________________________________________________

Sobre traços característicos do mercado de profissionais de investigação e desenvolvimento, nos EUA, em 2013



No ano de 2013, as empresas americanas com atividades de investigação e desenvolvimento (R&D) empregavam, nesse país, um total de 1.5 milhões de profissionais, sendo que 66% destes eram cientistas, engenheiros, investigadores, e gestores, e o restante pessoal técnico e de apoio. 

O estudo é do National Center for Science and Engineering Statistics (NCSES), e mostra que a atividade de R&D representava, em 2013, apenas 1% do total de empregos dos EUA.

As áreas industriais com mais colaboradores de R&D eram, à data, as seguintes:
- Software (181 mil colaboradores)
- Farmacêutica e Médica (117 mil)
- Semicondutores e outros componentes eletrónicos (190 mil)

De notar também que as empresas de grande dimensão representavam 2/3 do total de profissionais de R&D, e que estes, em cada uma destas empresas, correspondia, em média, a 6.5% do total de empregados. O valor sobe para 11.7% quando se consideram as pequenas empresas (incluindo startups).

Com relação à representação das mulheres no setor de R&D, verifica-se que apenas 25% do total de profissionais eram do sexo feminino em 2013, sendo as áreas farmacêutica e médica, e os serviços de investigação, aquelas com maior representação e presença das mulheres.

Fonte: Chemical Processing

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...