Patrocinador oficial:

__________________________________________________________________________________________________________________________

Sobre as exportações portuguesas em bens de saúde valerem 1.4 mil milhões de €, mais do que vinho e cortiça, segundo Luís Portela



* * *

Em que é que toda esta actividade se traduziu na prática?
A saúde tem hoje um enorme peso na economia: nestes nove anos passamos de cerca de 600 milhões de euros em exportações para 1,4 mil milhões em 2016, o que é mais do que os vinhos todos somados e mais do que a cortiça. Exportámos sobretudo medicamentos (70%), dispositivos médicos, matérias primas. Esforçamo-nos para colocar a saúde no mapa, mas isso não basta. Temos que levar a nossa notoriedade para fora. A Europa sabe que temos bons vinhos, mas não sabe que temos boa saúde. Este é o caminho que esta direcção não fez, não tivemos tempo. Mas ajudámos a que as coisas acontecessem. Na produção científica, há dez anos, as ciências médicas e da saúde tinham uma prestação claramente inferior a outras, e, em 2014, já representavam 29% do total nacional.

Mas os resultados que contam para a maior parte dos portugueses ainda não se vêem...
Os resultados hão-de chegar. Nas 25 empresas que mais patenteiam em Portugal, dez são da área da saúde. E, nas primeiras 50 que mais investem em I&D, estão a Bial, o grupo José de Mello, a Hovione, a Biocant, a Bluepharma. Na investigação, as empresas da saúde investiram 20% do total em 2014. Por exemplo, a Luzitin, empresa criada pela Bluepharma e a Universidade de Coimbra, está a fazer ensaios clínicos fase II para o tratamento do cancro da cabeça e pescoço. E há contratos para desenvolvimento de projectos com institutos de investigação ou start-ups. Daqui podem surgir projectos interessantes. Neste momento há mais de 30 projectos inovadores a borbulhar nas instituições de saúde.

Entrevista completa: Público

 * * *

Quem é Luís Portela?
Luís Portela nasceu em 1951 no Porto, onde se licenciou em Medicina. Exerceu actividade clínica apenas durante três anos e foi durante seis docente universitário. Aos vinte e um anos iniciou a sua actividade empresarial e aos vinte e sete assumiu a presidência daquele que entretanto se tornou um dos maiores grupos farmacêuticos ibéricos - a Bial. Em 1994, criou a Fundação Bial, que além de conceder Bolsas de Investigação Científica, atribui um dos maiores prémios europeus na área da Saúde. Luís Portela é Comendador da Ordem do Mérito, de que mais tarde veio a receber a Grã-Cruz. É também Professor Honorário da Universidade de Cádiz, em Espanha. Em 1998, foi distinguido com o Prémio de Neurociências da Louisiana State University, nos EUA. Colabora regularmente na comunicação social, tendo publicado anteriormente, quatro livros: Para Além da Evolução Tecnológica, À Janela da Vida, Esvoaçando e Serenamente. Textos seus foram traduzidos e publicados em Inglaterra, no volume Spirit of Life.

Fonte: Wook

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...