Patrocinador oficial:

__________________________________________________________________________________________________________________________

Revista semanal de imprensa (BEQ.2018.21): importação e incineração de resíduos, aumento de produtividade industrial no Brasil, e riscos do tabaco aquecido

Nesta rubrica, o BEQ faz uma compilação de notícias, artigos ou outros conteúdos, descobertos e lidos no decorrer da semana, e que tratam de temas centrais ou conexos com a engenharia química.

O mote é divulgar este ramo engenharia pela promoção e consulta de conteúdos originalmente  publicados por outras fontes que não o BEQ, desde logo blogues, jornais, revistas, ou sites em geral.


 * * *



Mais de metade dos resíduos de plástico destinados a reciclagem são exportados pelos países mais ricos para outros Estados, com a China a ficar com a maior parte. Mas este país aprovou uma lei que proíbe a importação de resíduos de plástico não-industriais.

Associação que representa os sistemas de gestão de resíduos que detêm unidades de incineração recusa críticas dos ambientalistas da Zero a esta opção.

De acordo com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), a produtividade do Brasil teve aumento de 8% por capital humano do ano 2000 a 2016, enquanto que a Coreia do Sul, no mesmo período, alavancou a produção industrial em 118,4%, já a Argentina aumentou 27,7%.

Mais de 100 mil portugueses já ‘fumam’ IQOS — dispositivo de tabaco aquecido — comercializado desde 2016 pela Tabaqueira, subsidiária da Philip Morris em Portugal. Em média, cerca de 200 fumadores portugueses optam diariamente por este produto. Em todo o mundo, esse número ultrapassa já os cinco milhões, segundo dados da empresa.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...