Patrocinador oficial:

__________________________________________________________________________________________________________________________

Sobre o novo material têxtil nanoPE (Stanford), capaz de reduzir em até 2.7 graus Celsius a temperatura corporal em relação ao algodão




Engenheiros de Stanford desenvolveram um material têxtil plástico de baixo-custo com capacidades melhoradas dissipação de calor, o que se traduz num maior conforto para o utilizador, e numa potencial redução das necessidades de climatização (poupança energética).

A investigação é da autoria do grupo do investigador Yi Cui, foi publicada na Science, e consiste num material designado por nanoPE, nada mais nada menos que polietileno nanoporoso, que é transparente à radiação infravermelha irradiada pelo corpo humano, mas opaco à radiação da luz visível devido à distribuição dos referidos poros (tamanhos compreendidos entre 50 e 1000 nm).

Através de manipulação, estes investigadores devesenvolveram um material que promove o arrefecimento do corpo por radiação, sem prejuízo significativo da permeabilidade do ar, dissipação da transpiração, e propriedades mecânicas que garantam o uso como peça de vestuário.

Os resultados publicados mostram ser possível reduzir até 2.7ºC a temperatura corporal em relação ao uso de algodão.

Fonte: Stanford + Science 


0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...