Patrocinador oficial:

__________________________________________________________________________________________________________________________

Sobre o Poliuretano

Os primeiros poliuretanos foram desenvolvidos na Alemanha, em 1937 por Otto Bayer, como resultado de tentativas para se produzirem compostos poliméricos capazes de substituir a borracha natural nos pneus de carros e camiões, tendo por isso uma clara relação com a segunda guerra mundial.

Aspectos do Poliuretano (clique para ampliar)

Por volta de 1950, o poliuretano começou a estar disponível em grandes quantidades na Europa e América do Norte nas formas de termoplástico e espuma.

A chegada da década de 60 trouxe consigo a afirmação dos adesivos de poliuretano na manufactura de calçado, seguindo-se o sucesso na indústria automóvel, já na década seguinte.

A explosão do uso de telefones, computadores e outros periféricos por volta de 1985 intensificou as aplicações de poliuretano em revestimentos e coberturas.

Desde 1990, os adesivos de poliuretano têm ganho mercado no universo das solas de calçado, da produção de mobílias assim como das encadernações.

As espumas de poliuretano são amplamente utilizadas em aplicações de isolamento de habitações e edifícios, nos interiores de automóveis e têm inclusive aplicações médicas.

Algumas aplicações do Poliuretano (clique para ampliar)

O potencial deste polímero foi também reconhecido nas aplicações de acabamentos de madeira, na protecção conta a corrosão, na construção e na indústria têxtil.

A extensa gama de aplicações para o poliuretano no âmbito dos revestimentos e coberturas foi rapidamente reconhecida desde o seu surgimento e ainda hoje se vai extendendo a mais áreas.

Fontes:

Polyurethanes as specialty chemicals: principles and applications, de Tim Thomson

Polyurethanes: coatings, adhesives and sealants, de Ulrich Meier-Westhues

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...