Patrocinador oficial:

__________________________________________________________________________________________________________________________

Sobre a fábrica de produção de clorato de sódio da Akzo Nobel em Três Lagoas (Brasil)


"A AkzoNobel Brasil inaugurou ontem (07/03/2013) a ilha química que vai atender a fábrica de celulose da Eldorado Brasil. O sítio, como é denominada a ilha, já opera desde 29 de novembro de 2012 produzindo dióxido de cloro e desde 22 de fevereiro fornece clorato de sódio para o processamento de celulose da Eldorado.

É o segundo site da unidade Pulpand Performance Chemicals da Akzo Nobel, em Três Lagoas. A primeira atende à fábrica da Fíbria dentro do mesmo conceito. Segundo o gerente comercial da empresa, Paulo Bertti, o “site Jupiá” vai produzir 72 mil toneladas de clorato de sódio por ano para o branqueamento de celulose da Eldorado.

A ilha opera 24h, sete dias por semana e só vai parar quando a Eldorado precisar fazer uma manutenção, já que a produção de celulose só é possível com os produtos químicos para branqueamento da polpa. A matéria-prima para a produção do clorato é o cloreto de sódio, conhecido como sal, usado para uso doméstico. Do sal, é produzido o dióxido de cloro.

É função também da ilha Jupiá a compra e armazenamento de outros agentes químicos usados pela Eldorado, como a soda cáustica, o ácido sulfúrico, peróxido de hidrogênio, bissulfato de sódio e metanol.
A AkzoNobel é uma empresa global que faturou no ano passado, em todo o mundo, 16 bilhões de euros. No Brasil, onde a AkzoNobel tem 15 fábricas em seis estados, o faturamento foi de 1 bilhão de euros. São 2,8 mil funcionários, dos quais 400 no segmento da celulose."

Fonte: Portal do Povo de Três Lagoas



0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...