Patrocinador oficial:

__________________________________________________________________________________________________________________________

Sobre o sistema de escoamento perpétuo, invenção de Robert Boyle algures entre 1665 e 1668



Uma das invenções mais curiosas de Robert Boyle, compreende o vaso de escoamento perpétuo, ou vaso de autoescoamento.

O princípio é bastante simples: o peso do líquido no vaso é significativamente mais elevado do que o peso do líquido contido no pescoço do recipiente, pelo que se verifica uma diferença de pressão desfavorável à zona do pescoço do recipiente.

Assim, o líquido é obrigado a escoar no sentido de compensar a diferença de pesos (pressões hidrostáticas). Se essa compensação for suficiente para elevar o líquido do pescoço até à zona superior onde o tubo termina, o sistema adquire um comportamento contínuo de compensação da diferenças de pressão.

O vídeo abaixo exemplifica o fenómeno para diferentes fluidos:



1 comentários:

Francisco Requião disse...

Na verdade o vídeo acima foi fraudado! O fluxo de líquido é ajudado por um pequeno motor escondido. Observe que na imagem abaixo, por volta de 2 minutos de vídeo, é possível visualizar o fio preto que alimenta o sistema de bombeamento.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...