Patrocinador oficial:

__________________________________________________________________________________________________________________________

Revista semanal de imprensa (BEQ.2018.3): pele artificial, sacos de plástico, emprego no Brasil, açúcar caribenho, e impacto dos micro-ondas

Nesta rubrica, o BEQ faz uma compilação de notícias, artigos ou outros conteúdos, descobertos e lidos no decorrer da semana, e que tratam de temas centrais ou conexos com a engenharia química.

O mote é divulgar este ramo engenharia pela promoção e consulta de conteúdos originalmente  publicados por outras fontes que não o BEQ, desde logo blogues, jornais, revistas, ou sites em geral.

 * * *




A abordagem patenteada da Olivo cria uma pele artificial respirável, flexível e praticamente invisível que oferece diversos benefícios antes inacessíveis pela cosmética tradicional ou até mesmo pela cirurgia cosmética. A Olivo foi fundada pelos renomados cientistas Dr. Robert Langer*, Professor do David H. Koch Institute no Massachusetts Institute of Technology, Dr. Rox Anderson, chefe do Wellman Center of Photomedicine no Massachusetts General Hospital, e Dr. Dan Anderson, professor associado de Engenharia Química do Massachusetts Institute of Technology.


Agora que a primeira estratégia para os plásticos na União Europeia foi apresentada, para Maio deverá surgir legislação comunitária para a pôr em prática. Até 2030, uma das metas é que todas as embalagens de plástico sejam recicláveis. E agora o que vai fazer Portugal quanto aos plásticos? 


Até 2020, será necessário formar mais de 13 milhões de profissionais para suprir o desenvolvimento do setor. Há grande expectativa de geração de empregos nas áreas de formação de meio ambiente e produção, alimentos, vestuário e calçados, tecnologias de informação e comunicação, energia, veículos, petroquímica e química, madeira e móveis, papel e gráfica, mineração, além de pesquisa, desenvolvimento e design.


Em meio a crises econômicas e concorrência no mercado mundial, a maioria das usinas de açúcar do Caribe está encerrando suas atividades. No século XVIII, a região do Caribe fornecia quase todo o açúcar para o Reino Unido. Hoje, o Caribe de língua inglesa produz menos de 0,3% da produção e exportação de açúcar do mundo. Muitas ilhas trocaram o cultivo de cana-de-açúcar por atividades mais lucrativas.


Um novo estudo da Universidade de Manchester concluiu que só os micro-ondas da União Europeia emitem quase 8 milhões de toneladas de dióxido de carbono. Os investigadores analisaram as emissões de dióxido de carbono emitidas pelos micro-ondas utilizados na União Europeia desde a altura em que estes são fabricados até ao momento em que são deitados fora.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...