Patrocinador oficial:

__________________________________________________________________________________________________________________________

Sobre veículos ainda menos poluentes em 2020




"Em 24 de junho, o Parlamento Europeu, a Comissão Europeia e os 27 Estados-membros chegaram a acordo sobre a imposição de “limites mais rígidos para as emissões de CO2 pelos veículos novos”, relata o jornal Die Welt.

Até 2020, os veículos deverão passar a emitir em média 95 gramas de dióxido de carbono por quilómetro, o que representa uma redução de 27% em relação ao objetivo de 130g/km fixado para 2015. “Nenhuma outra zona económica do mundo tem um objetivo tão ambicioso”, comenta este diário:

Em termos de ambiente, isso quer dizer que cada veículo poluirá menos. Para os construtores, isso significa um esforço considerável. […] Pelo contrário, para os compradores de automóveis, isso quer dizer que as novas viaturas serão muito mais caras.
Segundo um estudo da Universidade Técnica de Aix-la-Chapelle, o preço de um veículo novo poderá aumentar entre 2800 e 3600 euros, para amortizar os custos suportados pelos construtores. Em contrapartida, segundo a Comissão, a redução das emissões de CO2 não gerará despesas adicionais para os automobilistas, uma vez que estes irão poupar em gasolina, porque os motores gastarão menos, explica Die Welt."

Fonte: PressEurop

2 comentários:

Ivo Pais disse...

Olá Marcelo.
Este texto levanta várias questões... Não querendo ser muito maçador, cá vão algumas:
1 - O esforço por parte dos construtores é algo positivo, porque só abona a favor da evolução da tecnologia (acredito que teremos carros sem emissões de CO2 dentro de muito pouco tempo).
2 - O aumento do custo para os consumidores é algo menos bom e não poderá ser contraposto com o consumo de menos combustível, uma vez que também acredito no aumento do custo do combustível com o passar dos anos.
3 - Infelizmente, uma questão que não é abordada pela União Europeia é o controlo ativo sobre os carros antigos que poluem acima da média. Acho que esta é uma medida necessária para o controlo da poluição ambiental, uma vez que a compra de carros novos tem vindo a diminuir.
Um abraço.
Ivo Pais

Blogue Engenharia Química disse...

Olá, Ivo,

Ponto 1: de acordo.

Ponto 2: concordo com a tua visão. Acrescento apenas que, segundo dados do livro Capitalismo Natural, apenas 1% do combustível gasto num veículo é usado para transportar o passageiro, o resto é ineficiência ou transporte do próprio veículo.

Ponto 3: Alguns carros antigos gozam de um estatuto especial. Ao serem considerados clássicos (veículos com mais de 25 anos) ficam dispensados de inspeção periódica obrigatória mas penso que através do IUC são penalizados pelas maiores emissões que representam.

Abraço!

Marcelo Melo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...