Patrocinador oficial:

__________________________________________________________________________________________________________________________

Sobre a indústria química mundial à luz do ILO Meeting 2011


No âmbito da conferência do International Labour Organization 2011 , organismo que centra a sua actividade na observação dos padrões laborais, foi elaborado um relatório cujas conclusões no âmbito da indústria química passo a realçar:

+ Em 2009 as vendas de produtos químicos atingiram 2 700 mil milhões de dólares.

+ Estima-se que, na actualidade, existam 20 milhões de pessoas a trabalhar na indústria química, farmacêutica, da borracha e pneus, mundialmente.

+ Entre 1987 e 2009, o mercado de trabalho afecto à indústria química concentrou-se em poucos países. São eles os 27 estados membros da União Europeia, o Brasil, a China, a Índia, o Japão, o México, a República da Coreia, a Federação Russa os Estados Unidos. Juntos, estes países representam cerca de 60% do emprego nesta indústria.

+ O emprego na indústria química encontra-se em rápido crescimento nos países asiáticos, particularmente na China e na Índia. No fim de 2008, o número de trabalhadores na indústria química chinesa superava os 4.5 milhões de pessoas. Na Índia, rondava de 2.2 milhões de pessoas.

+ A respeito de condições de trabalho, o relatório regista que na indústria química trabalha-se em média mais horas do que as prevista na lei (40 horas semanais). Em alguns países, o período de trabalho dos operários da produção pode ascender a 50 horas semanais.

+ Como grande desafio da indústria química nos últimos anos, identifica-se no relatório uma escassez de trabalhadores e cientistas especializados. Este facto tem promovido a imigração de trabalhadores.

Fonte: Media Newswire

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...