Patrocinador oficial:

__________________________________________________________________________________________________________________________

Sobre a pílula (2 de 2)


noretindrona, a molécula-chave do revolucionário
contraceptivo oral conhecido por pílula

(Leia a primeira parte desta publicação aqui)

Corria o ano de 1949 quando o austríaco Carl Djerassi é convidado a liderar uma equipa de investigação da Sintex que tinha como objectivo a produção de outro esteróide, a cortisona. Mais tarde interrogado sobre o assunto, Djerassi afirmou que, à data, um contraceptivo oral não entrava nos planos da Sintex, e que para além da cortisona a investigação visava também a síntese do estradiol, hormona feminina capaz de tratar algumas desordens que surgem na puberdade e menopausa.

Nesta demanda pelas referidas moléculas, Djerassi e sua equipa acabaram por sintetizar um composto parecido com a progesterona mas com menos um carbono, a 19-norprogesterona, o qual possuía uma atividade mais intensa que a progesterona desde que injectada directamente na corrente sanguínea. O passo seguinte foi dotar esta molécula da capacidade de ser administrada por via oral, o que foi conseguido com sucesso mediante modificação química da molécula, dando lugar ao composto conhecido por noretindrona (ver imagem).

Esta seria a molécula chave para o revolucionário produto contraceptivo conhecido por pílula. Pese embora o surgimento de outros compostos sintéticos semelhantes e próximos da noretindrona, esta permanece presente em quase metade das formulações comerciais de contraconceptivos de admnistração oral.

Fonte:  Serendipity - Royston M. Roberts

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...