Patrocinador oficial:

__________________________________________________________________________________________________________________________

Sobre a presença da FIAT no Brasil

Sobre o grupo FIAT

A Fiat Automóveis faz parte da Fiat S.p.A, juntamente com outras grande marcas: Lancia, Alfa Romeo, Abarth, Maserati, Ferrari, Chrysler, Jeep, Dodge, SRT, Mopar e RAM, além das fabricantes de componentes Magneti Marelli, Teksid e Comau, entre as demais companhias prestadoras de serviços ao grupo.
A Fiat S.p.A possui hoje, mundialmente, mais de 226 mil empregados, 159 plantas e 78 centros de pesquisa e desenvolvimento, incluindo todas as suas marcas. Em 2011, suas receitas somaram 87 bilhões de euros.

Fiat no Brasil

fabrica-betim
 Fábrica da FIAT em Betim, no estado de Minas Gerais, Brasil.

Instalada em Betim (MG), desde 1976, produzindo o modelo Fiat 147, a FIAT automóveis opera atualmente em três turnos, com capacidade produtiva para até 800.000 veículos por ano. A fábrica FIAT em Betim é a maior instalação da empresa fora do país natal, a Itália.
Atualmente, a Fiat conta com 260 fornecedores de componentes e autopeças e gera em torno de 19 mil empregos diretos em sua área fabril. Desde sua instalação em Betim, a Fiat já produziu mais de 12 milhões de veículos. Sua capacidade produtiva, que inicialmente era de 200 mil veículos por ano, hoje chega a 800 mil unidades anualmente. Em 1976, a Fiat fabricava, em média, 52 carros por dia. Atualmente, esta média é de 3.200 unidades diárias. Em 2011, a montadora vendeu 754.276 unidades no Brasil.

A fábrica possui uma grande infraestrutura, com 14 postos bancários, mais de 20.000 refeições servidas por dia, nove pontos de atendimento à saúde, incluindo um completo pronto-socorro, e tudo para que os profissionais que circulam diariamente pela fábrica tenham toda a comodidade. Os colaboradores e seus dependentes também contam com três centros de saúde externos, em Betim, Contagem e Belo Horizonte, e uma extensa rede credenciada de serviços de saúde, além de uma completa estrutura de esporte e lazer, no Fiat Clube. Uma estrutura que cresce em tamanho e em soluções, proporcionando um ambiente cada vez mais criativo, ágil e integrado, não importando a grandiosidade de suas dimensões.

Hoje, a gama da Fiat inclui 17 modelos, sendo dois importados do México, e mais de 270 versões, incluindo as destinadas à exportação. Entre os mais recentes sucessos de mercado projetados em Betim estão o Novo Uno, a picape Strada Cabine Dupla, o Novo Palio e o Grand Siena, além da sofisticação do sedan Linea. Os modelos Fiat são vendidos em mais de 570 concessionárias e pontos de vendas em todo o Brasil.

A nova fábrica da FIAT no estado de Pernambuco

fabrica-goiana
Fábrica da FIAT, ainda em construção, em Goiana no estado de Pernambuco, Brasil.

Em 2011, a Fiat iniciou o maior ciclo de investimento de sua história no Brasil. Estão sendo investidos R$ 10 bilhões no período 2011-2014. Isto significa um grande impulso para a marca, que concluíra o plano de investimento de R$ 6 bilhões entre 2008 e 2010, resultando na ampliação da capacidade da fábrica de Betim de 700 mil para 800 mil unidades por ano. Os investimentos continuarão nesta planta, que terá sua capacidade de produção novamente ampliada, desta vez de 800 mil para 950 mil unidades por ano. O acréscimo de capacidade anual de 150 mil unidades equivale na prática a uma nova fábrica, principalmente quando consideramos a capacidade das fábricas dos concorrentes.

Além disso, este novo aporte será investido no desenvolvimento de novos produtos, novas tecnologias e processos mais eficientes. Os lançamentos de 2011 e 2012 da marca, como Grand Siena, o Novo Palio e o Novo Punto, já são resultado deste ciclo de investimentos da montadora. Deste volume de inversões, R$ 3 bilhões estão sendo destinados também à construção de uma nova fábrica da Fiat, com capacidade produtiva de 250 mil unidades por ano, na cidade de Goiana, Pernambuco, com concepção sustentável, de baixo impacto ambiental, além de um layout moderno, otimizado, com fluxos de materiais e de produtos concebidos dentro dos mais elevados parâmetros da World Class Manufacturing (WCM).

Participação Atual no mercado Brasileiro

A Fiat Chrysler tem mantido sua participação de mercado no Brasil neste ano ao compensar parcialmente a queda de 18,7 por cento nas vendas de automóveis com um aumento de 20,5 por cento em comerciais leves, segundo dados da Anfavea. A empresa também tem contado bastante com as vendas para frotas comerciais, o que pode reduzir suas margens no futuro, disseram analistas.

"Eles não estão apostando tanto quanto as outras marcas, porque já têm quase 45 por cento de suas vendas para locadoras e outras empresas de frota com grandes descontos", disse Raphael Galante, da consultoria especializada Oikonomia.

Os descontos podem chegar a 25 por cento, acrescentou. Galante disse que o preço médio de carros novos da Fiat podem ser cerca de 20 por cento menor que a média do mercado, sugerindo que a empresa tem dependido de clientes de baixa renda, a fatia de mercado mais vulnerável a problemas na economia.

A Fiat tem uma linha de produtos mais antiga do que as rivais na América Latina, mas isso pode mudar quando abrir uma nova fábrica no Brasil em 2015, esperando atrair a classe média mais alta e a demanda por utilitários esportivos.

A fábrica de Pernambuco deve começar a produzir o pequeno Jeep Renegade no primeiro trimestre do próximo ano, com outros dois modelos em seguida. Marchionne, Chefe executivo da Fiat, disse que a fábrica permitirá que a Fiat retome a margem operacional de dois dígitos no Brasil em 2017, primeiro ano que a nova fábrica irá operar com plena capacidade. A margem operacional da montadora na América Latina ficou em 5 por cento no ano passado.

Fontes: Fiat, Fiat Institucional, Revista Exame

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...