Patrocinador oficial:

__________________________________________________________________________________________________________________________

Sobre a unidade piloto para captura de CO₂ da faculdade Sact e do Centro Tecnológico de Carvão Limpo, em SC (Brasil)



"A Faculdade Satc, a partir do curso de Engenharia Química e do Centro Tecnológico de Carvão Limpo (CTCL), aprovou recurso de R$ 3,4 milhões junto a CGTEE/Eletrobrás. A verba será destinada para o desenvolvimento de pesquisa na área de captura de CO₂, sendo aplicados na síntese de novos adsorventes voltados à captura do gás carbônico. O recurso também prevê a aquisição de outros equipamentos voltados à formação dos adsorventes e para a montagem da planta piloto para realização de testes de captura de CO₂.
(...)

Recursos já têm destino certo -  Em dezembro de 2013 foram aprovados junto à Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) recursos da ordem de R$ 4,4 milhões e, no mês de outubro de 2014, mais R$ 3,4 milhões junto à Companhia de Geração Térmica de Energia Elétrica (CGTEE/Eletrobras). O recurso aprovado junto a Fapesc está sendo aplicado na síntese de novos adsorventes para a captura de CO₂, construção de um laboratório voltado à síntese de novos materiais e testes do processo de captura em escalas de bancada e piloto.

Além disso, o projeto viabilizou a aquisição de equipamentos e a elaboração do projeto detalhado da planta piloto. “Para o futuro, outros projetos devem ser submetidos para ampliar a estrutura laboratorial, principalmente em termos de equipamentos. Além disso, novos adsorventes devem ser sintetizados e testados no intuito de melhorar a capacidade de captura de CO₂ com foco na penalidade energética mínima”, projetam os pesquisadores.

O que é a captura de CO₂ -  As tecnologias de captura e armazenamento de CO₂ são estudadas para recuperar o gás emitido em grandes quantidades pela indústria pesada (termelétricas, siderurgias, fábricas de cimento, refinarias, por exemplo) após a queima de matérias-primas (petróleo, gás ou carvão) e armazená-lo em estruturas geológicas profundas, reproduzindo o processo que a natureza tem realizado em jazidas naturais, ao longo de milhões de anos.

 A queima de recursos fósseis produz energia, mas também gera CO₂, um gás de efeito estufa associado às mudanças climáticas. A emissão desse gás pode ser reduzida graças à captura e armazenamento de CO₂."
Fonte: Engeplus

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...