Patrocinador oficial:

__________________________________________________________________________________________________________________________

Sobre tendências para eng. química na Índia, pelo vice-presidente indiano, no CHEMCOM 2014




O 67º Congresso Anual de Engenharia Química (CHEMCON) organizado pela o Instituto Indiano de Engenheiros Químicos,  foi inaugurado, na edição de 2014, pelo vice-presidente da Índia,  Shri M. Hamid Ansari.

Referindo primeiramente as diferentes áreas de saber cobertas pela engenharia química, o vice-presidente salientou a importância deste ramo de engenharia para os avanços científicos em temas como a genética de alimentos, materiais, biotecnologia, microelectrónica, nanotecnologia, etc. Coroou esta referência com a certeza de que a engenharia química permanecerá crítica para o desenvolvimento económico de qualquer nação, proporcionando produtos e soluções técnicas em virtualmente todos os sectores da economia.

Note-se que em 2010, a indústria química indiana estava avaliada 108 mil milhões de dólares, representando 7% do PIB indiano, com o sector dos químicos a representar 14% do índice global de produção industrial e 11% das exportações do país.

Em termos de volume, a Índia é o terceiro maior produtor de químicos do bloco asiático, atrás de China e Japão. Apesar da grandeza dos números de 2010, o país representa não mais do que 3% do mercado mundial de químicos. Surportado por estes dados, Hamid Ansari referiu haver um percurso significativo por percorrer pela indústria química indiana.

Em jeito de projeção para o futuro, o vice-presidente indiano referiu que melhorias no tratamento de água, produção alimentar e condições de saúde constituirão desafios chave para a realidade do país.

Neste sentido, exortou os engenheiros químicos do país a contribuírem no sentido de proporcionar melhorias na indústria alimentar, em sistemas alternativos de energia, na produção de semi-condutores, e em modelos ambientais e de remediação que garantam um crescimento sustentável da nação indiana. Estas, segundo o próprio, são as prioridades de investigação e desenvolvimento para a engenharia química.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...