Patrocinador oficial:

__________________________________________________________________________________________________________________________

Sobre o Rio Grande do Sul (Brasil) como pólo de investigação e desenvolvimento em eng. química

Este artigo do Jornal do Comércio, referente ao estado brasileiro do Rio Grande do Sul, destaca o importante desenvolvimento da engenharia química nessa região brasileira, em particular nas vertentes de polímeros, petroquímica e matérias-primas renováveis. Partilha-se aqui uma parte do artigo, mas recomendo a leitura do artido original, intitulado "Estado é referência em tecnologia petroquímica "

*     *     *



"O Rio Grande do Sul tem um papel importante dentro do setor petroquímico, com gigantescas empresas que investem bilhões em pesquisa e desenvolvimento de produtos. Uma prova disso é que o Estado sedia estruturas como o Centro de Tecnologia e Inovação da Braskem, o Centro Petroquímico de Pesquisa e Desenvolvimento/Ulbra (Cepped/Ulbra) e o Centro de Tecnologia em Estirênicos da Innova.

O complexo da Braskem, que tem dez anos de atuação no polo de Triunfo, é considerado um dos mais completos centros de tecnologia de uma companhia petroquímica na América do Sul. Entre outros estudos, ali foram desenvolvidos os principais trabalhos quanto à produção do eteno e polietileno verde da empresa. A resina verde da Braskem é um item valorizado pelo mercado por ser obtido a partir de fonte renovável, o etanol da cana-de-açúcar, e preservar as características de desempenho de um polietileno tradicional, de matéria-prima fóssil, podendo ter utilização imediata nas mais variadas aplicações

O centro de tecnologia gaúcho, que trabalha em parceria com outras duas unidades localizadas no estado de São Paulo e em Pittsburgh (EUA), tem elaborado outros produtos com apoio de clientes e universidades. Um desses exemplos foi o polipropileno especial para copos plásticos de requeijão. Ainda em Triunfo, a Braskem promoveu um processo de produção de nanocompósitos, que ocasionou o depósito de uma patente internacional.

“Fica em Triunfo o maior laboratório de pesquisa e suporte aos clientes de polímeros do Brasil”, ressalta Teyssonneyre. Desde 2002, de acordo com o dirigente, o centro de tecnologia da Braskem no Estado lançou aproximadamente 350 produtos ou aplicações. Hoje, o interesse está voltado para atribuir novas funções aos produtos fabricados.

Atuam no complexo de Triunfo em torno de 180 profissionais. Cerca da metade deles é procedente do Rio Grande do Sul e o restante de outros estados e de países como Chile, México, entre outros. A maioria do pessoal é composta de engenheiros químicos e de materiais. A Braskem já investiu, em ativos no centro de Triunfo, em torno de R$ 350 milhões. No ano passado, a empresa aportou um total de R$ 155 milhões em inovação e tecnologia. “Dos centros da Braskem, o de Triunfo é o mais avançado”, garante Teyssonneyre."

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...