Patrocinador oficial:

__________________________________________________________________________________________________________________________

Sobre a SACOR e a refinaria de Cabo Ruivo


(O post aqui partilhado provém de um informativo post que encontrei no blogue Restos de Colecção)





"A ‘SACOR - Sociedade Anónima de Combustíveis e Óleos Refinados’, fundada em 28 de Julho de 1937, por um romeno radicado em França, Martin Saim, foi a primeira empresa petrolífera portuguesa a dominar todo o processo, da importação, transporte, refinação e distribuição dos produtos petroliferos.

A refinaria da SACOR foi inaugurada a 11 de Novembro de 1940, com um potencial de refinação de 300.000 toneladas/ano. Esta refinaria estava ligada, por pipelines, a uma ponte-cais, no rio Tejo, com 300 m de cais acostável para os petroleiros que abasteciam a mesma.

Produzia os seguintes produtos: Gasolina, Gasóleo, GPL (gás de petróleo liquefeito), Fuelóleo, Nafta, Jet fuel (combustível para aviões), Betume (para asfaltos e isolante) e Enxofre (para produtos farmacêuticos, agricultura e branqueamento da pasta de papel).

A SACOR manteve sempre uma posição dominante na distribuição dos produtos refinados do petróleo, introduzindo em 1958 a "gasolina Super", e fundado a ‘Gazcidla’ para a distribuição de gás butano (doméstico) e propano (industrial).

Esta refinaria de Cabo Ruivo foi sendo ampliada ao longo da sua existência até entrada em funcionamento da Refinaria de Sines em 1979, que originou a sua desactivação.

A SACOR foi nacionalizada em 1975 e integrada na nova empresa, então criada, Petrogal, que mais tarde deu origem à Galp Energia que hoje conhecemos."

Fonte: Restos de Colecção

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...