Patrocinador oficial:

__________________________________________________________________________________________________________________________

Sobre a classificação do dióxido de titânio como suspeito de causar cancro por via da inalação, e as aplicações e mercado desta matéria-prima




O Comitê de Avaliação de Riscos (RAC) da Agência Europeia de Químicos (ECHA) concluiu que as evidências científicas disponíveis atendem aos critérios do Regulamento CLP para classificar o dióxido de titânio como uma substância suspeita de causar cancro através por via da inalação. A opinião será formalmente adotada posteriormente por procedimento escrito ou na reunião de setembro.

O comitê avaliou o potencial cancerígeno do dióxido de titânio em relação aos critérios do Regulamento de Classificação, Rotulagem e Embalagem (CLP) e, tendo considerado os dados científicos disponíveis, concluiu que ele atende aos critérios para ser classificada como suspeita de Causando câncer (categoria 2, através da rota de inalação).

O comité também concluiu que não há evidências suficientes para classificar o dióxido de titânio na categoria mais severa de carcinogenicidade (categoria 1B), conforme proposto originalmente pelo remetente do dossier, na França. Esta categoria mais grave refere-se a uma substância que se supõe causar cancro.

Após a adoção, a opinião passará por um controle editorial normal antes de ser enviado à Comissão Européia para a tomada de decisão final. A opinião também será disponibilizada no site da ECHA ao mesmo tempo.

Fonte: ECHA

* * *

  • Mercado mundial de dióxido de titânio





"O tamanho global do mercado de dióxido de titânio (TiO2) foi avaliado em 17,7 mil milhões de dólares em 2015. Espera-se que o mercado atinja um crescimento (CAGR) de 14% em relação ao período de previsão devido ao aumento da procura por parte de diversas indústrias, incluindo cosméticos, tintas e revestimentos, e o setor dos plásticos. Também é usado como intermediário na fabricação de vários pigmentos, o que, por sua vez, deverá impulsionar o crescimento da indústria ao longo do período de previsão.

(...) O dióxido de titânio encontra aplicações em vários setores, incluindo tintas e revestimentos, plásticos, papel e celulose, cosméticos e outros, incluindo tinta de impressão, borracha e fibras químicas. Tintas e revestimentos foram o maior segmento de aplicações em 2015, representando mais de 55% da receita global, e deverá crescer significativamente devido às suas propriedades, como alto índice de refração e grau de transparência.

(...) O uso do produto no setor de plásticos deverá crescer (CAGR) mais de 8% de 2016 a 2025 em termos de volume representado pela alta procura de veículos ligeiros na China e na Índia. O aumento do consumo de produtos na fabricação de brinquedos em função de propriedades superiores, como a filmagem plástica, a alta resistência à coloração e um baixo efeito isolante, deverá ter um impacto positivo no mercado nos próximos nove anos."

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...