Patrocinador oficial:

__________________________________________________________________________________________________________________________

Sobre reatores obtidos por impressão 3D, com paredes participantes na reação química




"Usando uma impressora 3D e um novo tipo de isolante à base do convencional silicone (semelhante ao usado no isolamento de WC) investigadores da Universidade de Glasgow tiraram partido dessa tecnologia de impressão para desenvolver uma nova forma de controlar reações químicas que consiste em tornar as paredes do reator num elemento participante da reação.

A investigação, liderada por Leroy Cronin, químico na referida universidade escocesa, consistiu na concepção de vários recipientes de reação com funcionalidades variadas, tais como: paredes impregnadas de tinta contendo catalisadores ou paredes contendo eléctrodos de polímero impressos usando um aditivo de carbono.

Cronin recorda que, nos últimos 200 anos, a química tem vindo a ser estudada em reatores fixos e passivos, referindo-se com isso a frascos de vidro e outros recipientes padronizados existentes nos laboratórios de química. Isso pode estar à beira de um fim.

Usando este seu novo conjunto de laboratório, que apelidou de "reactionware", o grupo de investigação sintetizou 3 novos compostos, 2 inorgânicos e outro orgânico.

Segundo Cronin, a impressora 3D usada no trabalho laboratorial tem um custo de US$2,000."

Fonte: Nature



0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...